daciara@daciaracollor.com.br
HOME
BIO
MULTIMÍDIA
MOVIMENTOS
LIVRE PENSAR
LINKS PARCEIROS
CONTATO

ESCRITOS
COLAGENS
CANTOS

MULTIMÍDIA



ESCRITOS:


- publicitária - pela PUCRS; pós-graduação em marketing - pela UFRGS; trabalhou como redatora e atendimento em agências gaúchas

- escreveu uma coluna sobre artes durante um ano em jornal da cidade de Guaíba

- participou durante mais de cinco anos anos de um grupo de leitura crítica e criação literária, em porto alegre, coordenado pela professora doutora Léa Masina

- participou em 2006 e 2007 do Núcleo de Dramaturgia Contemporânea, coordenado pela dramaturga Paula Chagas Ribeiro, no centro cultural casa das rosas, SP

- tem duas obras terminadas e em processo de viabilização:

  • a novela "renda labirinto" e
  • a peça teatral "ladies e carmens - correndo atrás dos brioches"


Sobre Renda Labirinto:
Li, reli e tresli.

A história criada por ti é engenhosa, dramaticamente bem construída e leva, inevitavelmente, à pergunta que nenhum escritor gosta de ouvir: "afinal, vivestes isso aí?"

A vontade é mandar longe, o interlocutor. Mas, se verificares bem, trata-se de um elogio. As pessoas compreenderam a história e acham-na tão real que não querem aceitar que seja fruto da imaginação.

Os tipos que compõem teu texto são críveis, humanos, feitos de virtudes e erros, portanto, reais."

Walter Galvani

**************************************

Ladies e Carmens- breves comentários

Verifica-se que o mote é criticar-se de forma acerba uma certa tendência atual de valorizar-se a celebridade inconsequente e toda a futilidade dela conseqüente. A crítica, conquanto incisiva, não cai no moralismo rasteiro e se revela muito divertida.

Os diálogos não são óbvios, têm lógica própria e personalidade, surpreendem pela criatividade nas proposições e divertem. Têm boa fluência e contribuem não apenas para bem contar a história como para estabelecer aquele mínimo necessário - mas suficiente - à caracterização das personagens, pois que mostram - não o que eles são propriamente mas o que fazem - o que atende ao ensinamento de David Ball, segundo o qual devemos agarrar o menor fragmento concreto da personagem que pudermos descobrir por que não há meio melhor de apresentar uma personagem que não seja através do que ela faz."

Ernani Fraga

**************************************


Copyright © 2010 Daciara Color Design by L@nTec